Projeto repassa verba para instituições filantrópicas

Vereadores da Câmara de Montes Claros aprovaram em reunião ordinária realiza nesta terça-feira (7/5), o projeto n°47/2019, de iniciativa do Executivo, que autoriza repasse para nove entidades filantrópicas do município. O recurso é oriundo da Secretaria de Educação e firma parceria com instituições beneficentes e sem fins lucrativos.

De acordo com a proposta, os valores serão pagos em 10 parcelas (mensais), confira as instituições contempladas e os valores: Casa da Juventude São Luiz Gonzaga – R$177.524,89; Centro Comunitário de Vivência Educacional Professor Flávio Pereira – R$303.656,41; Centro de Recuperação Renascer – R$601.016,78; Círculo de Trabalhadores Cristãos – R$121.262,07; Projeto Comunitário Betel – R$394.451,64; Projeto Comunitário Nova Canaã – R$ 324.926,12; Apae – R$1.178.943,09; Fundação Clarice Albuquerque – R$798.546,04; Associação Sociedade Educacional Mendonça e Silva – R$1.065.994,54.

Também foi aprovado a proposta (n°6/2019) que altera a Lei n°4.226/2010. A pasta limitava o número de viagens, para oito diárias às pessoas que utilizam o cartão da gratuidade no transporte coletivo urbano. Contudo, a Comissão de Legislação Justiça e Redação da Casa apresentou emenda, retirando esse artigo do projeto e incluindo pessoas com autismo no sistema de gratuidade.

De iniciativa do Vereador Edmilson Magalhães (PSDB), o projeto n°42/2019 institui a Semana Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A Semana terá início no dia 18 de maio e contará com palestras sobre o assunto e identificação de pontos vulneráveis à exploração sexual.

A proposta n°13/2019, de autoria do Vereador Ildeu Maia (PP), concede título de Cidadã Honorária à Luciana Santana Ribeiro. A médica é presidente administrativa dos hospitais: Mário Ribeiro da Silveira (Montes Claros), São Lucas (Patos de Minas) e Santa Catarina (Uberlândia).

 

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros