Câmara cobra mais educação no trânsito

Câmara cobra mais educação no trânsito Fábio Marçal

Durante reunião ordinária da Câmara de Montes Claros, os vereadores mostraram preocupação com a segurança da população, principalmente em relação ao trânsito. Salientaram que dados da MCTrans indicam o aumento do número de multas, em pelo menos, 37% nos dois primeiros meses de 2019. Atribuiram grande parte das infrações ao uso de celular ao volante.

Raimundo do INSS (PDT) solicitou que a MCTrans faça um trabalho educativo para que essas atuações diminuam. Ele, por exemplo, disse ter flagrado, em uma das avenidas mais movimentadas da cidade, motorista de uma caminhonete usando o celular, colocando  em risco a vida de pedestres e a sua própria.

"Responsabilidade e atenção são indispensáveis, pois sabemos que o aparelho celular tira toda nossa atenção, podendo ocasionar em graves acidentes", afirma o Parlamentar.

Dados Renainf

De Janeiro a Julho do ano de 2018 esse tipo de infração resultou na aplicação de 759,7 mil multas em todo o País, segundo dados do Registro Nacional de Infrações de Trânsito (Renainf), mantido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Montes Claros