Câmara, usuários, empresas e Município discutem transporte público

A Câmara de Montes Claros realiza, nesta quinta-feira (04), às 8h, Audiência Pública para discutir o contrato de concessão dos Transportes Coletivos urbanos da cidade. O debate é proposta do vereador Ildeu Maia (PP), que declara necessidade de “ouvir todos os envolvidos no processo”.

Para ele, a ideia é saber o que o Município e as empresas têm oferecer para aos usuários, que são os maiores impactados em qualquer definição a ser tomada. “O usuário quer preço justo, vias em bom estado de conservação, linhas com veículos cumprindo horários”, descreve Ildeu, que espera uma expressiva participação popular para debater o assunto.

Os documentos já foram entregues e agora é aguardar a abertura dos envelopes pela Prefeitura. O novo serviço terá o prazo de 20 anos. Pela primeira vez foi exigido  que as concessionárias do transporte serão obrigadas a colocar nos coletivos ar-condicionado para conforto dos usuários. Outra novidade é o transporte gratuito em datas comemorativas. A assinatura do novo contrato deve ser até outubro deste ano. Consta no edital a exigência do aumento do número de veículos em circulação, de 130 para 156, e compra novos carros para atender a demanda.

Foram convidados Paulo Braga - Secretário de Articulação Política; Felipe Caires - Promotor de Justiça; Jaqueline Camelo – ATCMC; Guilherme Guimarães - Secretário de Infraestrutura; Otávio Rocha - Procurador Geral do Município; e José Wilson Guimarães - Presidente da MCTRANS.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Montes Claros.