Câmara alerta para o perigo dos buracos

Câmara alerta para o perigo dos buracos Esurb

Vereadores de Montes Claros cobram do Executivo Municipal recuperação de passeios, ruas e avenidas da cidade. Ildeu Maia (PP) destacou que depois de tantas reclamações e cobranças a obra na Avenida Amintas Jaques de Morais, no Distrito Industrial, pode finalmente ser realizada.

“A situação é grave, que dá medo. A cratera representa risco à população e é tão grande que cabe vários carros. Esperamos que a obra seja iniciada e finalizada o mais rápido possível”, ressaltou o parlamentar que também alertou sobre outras ruas que precisam de atenção especial.

Os parlamentares Valcir da Ademoc (PTB) e Maria Helena Lopes (PPL) destacaram a situação no passeio da Rua Dr. Santos.

“O buraco está pra fazer aniversário. Será que vamos ter festa? Um perigo no centro da cidade que poderia e já deveria ter sido resolvido”, destacou Valcir, que foi complementado por Maria Helena: “não podemos permitir uma situação dessas. Estamos denunciando. Não é a primeira vez e a secretaria de serviços urbanos precisa tomar uma atitude”, finalizou.

E o problema não é só no Centro, afirma o presidente da Casa, Marcos Nem (PSD). “estive na região do Delfino Magalhães, Vila Anália, inclusive levei ao conhecimento do secretário de serviços urbanos. A situação não é boa. Às vezes faz o recapeamento da rua principal e deixa várias ruas sem, se quer, um tapa-buraco”, destacou Marcos Nen.

O que diz a prefeitura

O presidente da Esurb, Sérgio Pires, informou que a proposta é regularizar a situação de todas as vias que não estão sendo recapeadas com a operação tapa-buracos. Segundo ele, a prioridade são as ruas onde passam ônibus.

”Temos cinco equipes com quatro pessoas cada. Recebemos por serviço feito e é interesse da Esurb fazer o máximo , pois recebemos para isso. Cada rua é um contrato fechado”, destacou o presidente.

Sobre o buraco no passeio na Rua Dr. Santos, o secretário de Serviços Urbanos, Vinícius Versiani, afirmou que vai pedir uma equipe para analisar a situação. Ele diz que em alguns casos a responsabilidade é do dono do imóvel. Mas vai apurar e, se for o caso, recuperar o passeio ou localizar o dono do imóvel para fazer o serviço.

Quanto à cratera na Avenida Amintas Jaques de Morais, Vinícius Versiani confirmou a retomada das obras que estão sendo feitas em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Planejamento Urbano. Por causa da complexidade, a obra pode demorar um pouco mais.

O secretário Guilherme Guimarães explicou que no local está sendo feita a recomposição do solo e que, em 30 dias, no máximo, o tráfego será liberado.

Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Montes Claros